Notícias

25/02/2019 15:53

Ibametro participa de reunião com a nova presidente do Inmetro

Nesta segunda-feira, 25, o diretor-geral, Randerson Leal, e o diretor técnico, Gildásio Rocha, participaram de importante reunião de apresentação da nova presidente do Inmetro, Ângela Flores, com os órgãos delegados.  

O evento aconteceu na sede do Inmetro em Xerém-RJ, pela manhã, com a participação expressiva de lideranças e representantes dos Ipems.

Na oportunidade, a executiva explanou sobre as perspectivas para a sua gestão, abordando pontos que considera estratégicos para alavancar os resultados em todo o país.

O Ibametro figura entre os primeiros em resultados, no ranking de órgãos delegados do Inmetro, bem posicionado ao lado dos principais estados do país: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná.

“Foi com muito orgulho da nossa equipe Ibametro que levei os números da produção alcançada pelo Instituto ao longo dos últimos anos. Além disso, pude compartilhar com a nova presidente do Inmetro ações nossas de destaque em nível nacional, como a implantação do novo sistema de fiscalização de cronotacógrafo realizado em parceria com o Detran-Ba”, ressaltou o DG.

 

Sobre a nova presidente do Inmetro

 

Angela Flores Furtado é nomeada presidente do Inmetro

Foi nomeada, no dia 24/01, a nova presidente do Inmetro. Angela Flores Furtado é formada em administração pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e tem mais de 28 anos de experiência em direção e gerência com responsabilidade por resultados, liderança de equipe e visão estratégica.

A executiva trabalhou por 37 anos na Supergasbras e, entre 2016 e 2018, assumiu a superintendência executiva de Operações da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg).

Ao longo da carreira, obteve conquistas expressivas implementando sistemas gerenciais orientados a resultados, incluindo controles financeiros e design de processos com foco em clientes, qualidade e produtividade.


Fonte: Inmetro

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.