• Programa de Estágio

Notícias

13/04/2017 12:46

Ibametro reprova 29 cronotacógrafos em fiscalização em Itacaré


itabuna
O Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro), órgão delegado do Inmetro na Bahia e autarquia da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) fez fiscalização de cronotacógrafos, no município de Itacaré, no período de 29 a 31 de março. O equipamento é de uso obrigatório em veículos de grande porte, sendo peça fundamental no exame de perícia para investigar causas de acidentes nas estradas.

De um total de 95 cronotacógrafos fiscalizados, 29 instrumentos foram reprovados por não estarem funcionando conforme as normas estabelecidas pelo Inmetro. Outros 66 equipamentos foram aprovados.

A ação foi coordenada pela Agência Regional do órgão, sediada em Itabuna, comandada pelo gestor Galileu Santos Oliveira e contou com o trabalho técnico da metrologista Amanda Emanuelle. A fiscalização teve o apoio fundamental da Polícia Militar Rodoviária.

O diretor-geral do Ibametro, Randerson Leal, destaca a importância da fiscalização para uma maior segurança nas vias públicas, contribuindo para a redução de acidentes. “O cronotacógrafo é o instrumento principal para a perícia de acidentes de trânsito, funcionando como uma “caixa preta” na detecção de causas e apurando responsabilidades. Isso porque o instrumento de medição registra a velocidade, o tempo e a distância percorrida pelo automóvel durante o deslocamento, sendo uma peça fundamental na investigação”, explica o gestor.

O Código de Trânsito Brasileiro determina o uso obrigatório do cronotacógrafo para os veículos que fazem transporte escolar, transporte de passageiros com mais de dez lugares e os de carga com peso brutal total superior a quatro mil, quinhentos e trinta e seis quilogramas. Os veículos de grande porte são os que mais estão ligados as estatísticas de acidentes com morte nas estradas do Brasil.

Fonte: Ascom – Ibametro

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.